Etapas da Formação
Etapas da Formação das Irmãs Pias Discípulas do Divino Mestre
Etapas da Formação das Irmãs Pias Discípulas do Divino Mestre
Etapas da Formação das Irmãs Pias Discípulas do Divino Mestre
Etapas da Formação das Irmãs Pias Discípulas do Divino Mestre
Etapas da Formação das Irmãs Pias Discípulas do Divino Mestre

CAMINHO FORMATIVO DAS IRMÃS PIAS DISCÍPULAS DO DIVINO MESTRE

 

O objetivo do processo formativo, em cada etapa, é conduzir a jovem a “viver integralmente o Evangelho de Jesus Cristo, Mestre, Caminho, Verdade e Vida, no espírito do apóstolo Paulo, sob o olhar de Maria, Rainha dos Apóstolos” (AD, 93).
 

Aspirantado

O aspirantado é o tempo do primeiro contato da jovem com a Vida Religiosa Consagrada no interno da Congregação. Esta etapa tem como objetivo obter um mútuo conhecimento entre a jovem e a Congregação. Dispõe de um acompanhamento personalizado e estudos adequados. É o tempo de descobrir quem é Jesus, de discernir a vocação, identificar as motivações básicas e a busca essencial “Mestre, onde moras?” (João 1,38).

Consta na pauta de cada etapa: uma formação litúrgica específica; a prática da Leitura Orante da Bíblia; a participação nas celebrações do Ofício Divino e na celebração Eucarística; o exercício progressivo da missão da Congregação na Igreja, Povo de Deus; o estudo da vida e missão do Bem-Aventurado pe. Tiago Alberione (Fundador da Família Paulina), da Venerável Madre Escolástica Rivata e do Bem-Aventurado Timóteo Giaccardo.


Postulado

Nesta etapa a jovem postulante faz a experiência de viver em comunidade no interno da Congregação. Participa do projeto de formação integral para clarificar as motivações para o seguimento de Jesus Mestre, na preparação espiritual e apostólica conforme o carisma e missão da Congregação. Nesta fase a jovem solidifica a sua formação cristã, a experiência de oração e participação da celebração litúrgica, com destaque à identidade eclesial. Nesta direção, exercita a capacidade de viver em comunidade, de trabalhar com os outros e para os outros, com ênfase na formação humana (autoconhecimento).

É dado especial destaque no conhecimento da pessoa de Maria Santíssima, Mãe, Mestra e Rainha dos Apóstolos, da pessoa do Apóstolo “Paulo, o servo de Cristo Jesus, escolhido para anunciar o evangelho de Deus” (Rm 1, 1).

É tempo para fazer a experiência do convite de Jesus “Vinde e vereis” (Jo 1,39)
 

Noviciado

Na etapa do noviciado, em continuidade às anteriores, a jovem intensifica a sua formação integral, experimentando o estilo de vida da Congregação, por meio da experiência de Deus, da vida comunitária, na oração comum, na vivência litúrgica e missão apostólica – na Igreja, Povo de Deus.

Trata-se de um tempo dedicado ao crescimento da fé como adesão livre à Pessoa de Jesus Mestre e às exigências do caminho evangélico na Igreja e na Congregação. É um tempo privilegiado para o exercício na prática dos conselhos evangélicos, na assimilação das riquezas de graças contidas na identidade carismática da Congregação Pias Discípulas do Divino Mestre. É o tempo para decidir “Foram e permaneceram com o Senhor” (Jo 1,39).

 
Juniorato

Juniorato é o período entre a primeira profissão e a profissão perpétua. Nessa etapa, a jovem religiosa solidifica a sua opção de vida, em vista de assumir o carisma das Irmãs Pias Discípulas do Divino Mestre, e poder professar os votos definitivos. Com a experiência em comunidade, o exercício apostólico e o acompanhamento personalizado, “aprofunda a nossa identidade eclesial através do processo de apropriação dos valores evangélicos, de interiorização da experiência de Deus...” (RV 44). É dado destaque à formação integral em suas diversas dimensões.

Na preparação imediata à profissão religiosa definitiva, a juniorista participa do curso a nível internacional – realizado em Roma – cujos conteúdos abordam a identidade das Irmãs Pias Discípulas no interno da Família Paulina e da Igreja.



Área restrita




Todos Direitos Reservados 2017