09/12/2018


2º DOMINGO DO ADVENTO ANO C

2ª semana do saltério
Oficío dominical do Advento
Missa pr: sem Glória, Credo, Prefácio do Advento I

Aclamação ao Evangelho
Aleluia, aleluia, aleluia, aleluia!

Preparai o caminho do Senhor, endireitai suas veredas.
Toda a carne há de ver, a salvação do nosso Deus.

EVANGELHO

Todas as pessoas verão a salvação de Deus. 

+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas 3,1-6

No décimo quinto ano do império de Tibério César,
quando Pôncio Pilatos era governador da Judeia,
Herodes administrava a Galileia,
seu irmão Filipe, as regiões da Ituréia e Traconítide,
e Lisânias a Abilene;
quando Anás e Caifás eram sumos sacerdotes,
foi então que a palavra de Deus
foi dirigida a João, o filho de Zacarias, no deserto.
E ele percorreu toda a região do Jordão,
pregando um batismo de conversão
para o perdão dos pecados, 
como está escrito
no Livro das palavras do profeta Isaías:
'Esta é a voz daquele que grita no deserto:
'preparai o caminho do Senhor,
endireitai suas veredas.
Todo vale será aterrado,
toda montanha e colina serão rebaixadas;
as passagens tortuosas ficarão retas
e os caminhos acidentados serão aplainados.
E todas as pessoas verão a salvação de Deus''.
Palavra da Salvação.

PRIMEIRA LEITURA

Deus mostrará o teu esplendor.

Leitura do Livro do Profeta Baruc 5,1-9

Despe ó Jerusalém, a veste de luto e de aflição,
e reveste, para sempre, os adornos da glória
vinda de Deus.
Cobre-te com o manto da justiça que vem de Deus e
põe na cabeça o diadema da glória do Eterno.
Deus mostrará teu esplendor, ó Jerusalém,
a todos os que estão debaixo do céu.
Receberás de Deus este nome para sempre:
'Paz-da-justiça e glória-da-piedade'.
Levanta-te, Jerusalém, põe-te no alto
e olha para o Oriente!
Vê teus filhos reunidos pela voz do Santo,
desde o poente até o levante,
jubilosos por Deus ter-se lembrado deles.
Saíram de ti, caminhando a pé,
levados pelos inimigos.
Deus os devolve a ti, conduzidos com honras,
como príncipes reais.
Deus ordenou que se abaixassem
todos os altos montes e as colinas eternas,
e se enchessem os vales, para aplainar a terra,
a fim de que Israel caminhe com segurança,
sob a glória de Deus.
As florestas e todas as árvores odoríferas,
darão sombra a Israel, por ordem de Deus.
Sim, Deus guiará Israel, com alegria, 
à luz de sua glória, manifestando a misericórdia
e a justiça que dele procedem.
Palavra do Senhor.

Salmo Responsorial Sl 125,1-2ab.2cd-3.4-5.6 (R. 3)

R. Maravilhas fez conosco o Senhor,
exultemos de alegria!

Quando o Senhor reconduziu nossos cativos,*
parecíamos sonhar;
encheu-se de sorriso nossa boca,*
nossos lábios, de canções.R.

Entre os gentios se dizia: 'Maravilhas*
fez com eles o Senhor!'

Sim, maravilhas fez conosco o Senhor,*
exultemos de alegria!R.

Mudai a nossa sorte, ó Senhor,*
como torrentes no deserto.
Os que lançam as sementes entre lágrimas,*
ceifarão com alegria.R.

Chorando de tristeza sairão,*
espalhando suas sementes;
cantando de alegria voltarão,*
carregando os seus feixes!R.

 

SEGUNDA LEITURA

Ficareis puros e sem defeito
para o dia de Cristo.

Leitura da Carta de São Paulo aos Filipenses 1,4-6.8-11

Irmãos:
Sempre em todas as minhas orações
rezo por vós, com alegria,
por causa da vossa comunhão conosco
na divulgação do Evangelho,
desde o primeiro dia até agora.
Tenho a certeza de que
aquele que começou em vós uma boa obra,
há de levá-la à perfeição até ao dia de Cristo Jesus.
Deus é testemunha de que tenho saudade de todos vós,
com a ternura de Cristo Jesus.
E isto eu peço a Deus:
que o vosso amor cresça sempre mais,
em todo o conhecimento e experiência,
para discernirdes o que é o melhor.
E assim ficareis puros e sem defeito
para o dia de Cristo,
cheios do fruto da justiça
que nos vem por Jesus Cristo,
para a glória e o louvor de Deus.
Palavra do Senhor.

2º DOMINGO DO ADVENTO ANO C

1. Aprofundando os textos bíblicos: Baruc 5,1-9; Salmo 126(125); Filipenses 1,4-6.8-11; Lucas 3,1-6
João Batista é o profeta a quem é dirigida a Palavra de Deus no deserto (3,2), no contexto histórico do império romano. Ele percorre a região do Jordão, pregando um batismo de “conversão”, metanoia em grego, que consiste na mudança de mentalidade. A atuação de João Batista colabora para realizar o projeto salvífico e prepara o caminho para acolher Jesus, que oferece o perdão, a misericórdia através de sua obra redentora (24,47; At 2,38; 10,43). O deserto e o Jordão remetem ao êxodo, à experiência do encontro com Deus, vivida pelo povo em busca da terra prometida, de vida digna. A esperança de um novo êxodo, que guiou o caminho de libertação dos exilados na Babilônia (Is 40,3-5) é retomada pelo Precursor de Jesus. Voz que clama no deserto, João Batista ensina a buscar o essencial para viver conforme o projeto de Deus, preparando a vinda de Jesus, a Palavra que se faz carne (Jo 1,14) e realiza o êxodo definitivo. “Endireitar os caminhos” é expressão de sentido ético que empenha a transformar o modo de viver por meio da verdade, da justiça e solidariedade (3,8-14). Todos verão a salvação, plano redentor universal de Deus anunciado por João Batista que abre o caminho para a vinda do Salvador, o Sol da justiça (1,76s), com o apelo a produzir frutos que confirmem a conversão (3,8). A profecia de Baruc, diante do desafio de restaurar a vida do povo após o exílio, interpela a vestir o manto da justiça que vem de Deus, aplainando a estrada pela fraternidade. O salmo canta as maravilhas do Senhor que reverte o cativeiro dos exilados e os faz semear com esperança em meio às dificuldades. Paulo, na leitura aos Filipenses, agradece a Deus pela comunidade que acolheu o evangelho e colaborou no seu anúncio (4,15-20). Com a ternura de Cristo, suplica que o amor solidário cresça sempre mais, discernindo o que é melhor a fim de esperar o Senhor plenos de frutos de justiça. 


2. A palavra na vida
João Batista é figura fundamental do Advento, que nos ajuda a prepararmo-nos melhor para acolher Jesus. Sua mensagem profética interpela a reconhecer os caminhos que precisamos endireitar, para acolher Jesus com confiança, abertura e esperança. Como abrir caminho para Deus?

3. A palavra na celebração
Nesta celebração o Senhor vem ao nosso encontro. Sua vinda transforma o hoje em Dia do Senhor.

Orações Eucológicas

Antífona de entrada

Povo de Sião, o Senhor vem para salvar as nações!
E, na alegria do vosso coração, soará majestosa a sua voz.

Não se diz o Glória.

Oração do dia

Ó Deus todo-poderoso e cheio de misericórdia,
nós vos pedimos que nenhuma atividade terrena nos impeça
de correr ao encontro do vosso Filho,
mas, instruídos pela vossa sabedoria,
participemos da plenitude de sua vida.
Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Diz-se o Creio.

Sobre as oferendas

Acolhei, ó Deus, com bondade
nossas humildes preces e oferendas,
e, como não podemos invocar os nossos méritos,
venha em nosso socorro a vossa misericórdia.
Por Cristo, nosso Senhor.

Prefácio do Advento I
As duas vindas de Cristo

P:O Senhor esteja convosco.
A: Ele está no meio de nós.
P: Corações ao alto.
A: O nosso coração está em Deus.
P: Demos graças ao Senhor, nosso Deus.
A: É nosso dever e nossa salvação.

Na verdade, é justo e necessário,
é nosso dever e salvação
dar-vos graças, sempre e em todo lugar,
Senhor, Pai santo,
Deus eterno e todo-poderoso,
por Cristo, Senhor nosso.

Revestido da nossa fragilidade,
ele veio a primeira vez
para realizar seu eterno plano de amor
e abrir-nos o caminho da salvação.

Revestido de sua glória,
ele virá uma segunda vez
para conceder-nos em plenitude os bens prometidos
que hoje, vigilantes, esperamos.

Por essa razão,
agora e sempre,
nós nos unimos aos anjos e a todos os santos,
cantando (dizendo) a uma só voz:

Santo, Santo, Santo...

Antífona da comunhão
Levanta-te, Jerusalém, põe-te no alto e vê:
vem a ti a alegria do teu Deus.

Depois da Comunhão
Alimentados pelo pão espiritual,
nós vos suplicamos, ó Deus,
que, pela participação nesta Eucaristia,
nos ensineis a julgar com sabedoria os valores terrenos
e colocar nossas esperanças nos bens eternos.
Por Cristo, nosso Senhor.


Pedidos de Oração